domingo, 24 de junho de 2012

Suas finanças

Aparentemente vender livros de como ganhar dinheiro e ficar milionário é a mais nova forma de ganhar dinheiro e ficar milionário, todos dizem sempre o mesmo, compre tudo a vista, guarde o máximo que puder e viva um padrão de vida abaixo do seu. lindo na teoria, mas a prática complica, todos nós gostaríamos de pagar a vista, mas nem todos receberam uma herança ou ganharam um jipe de casamento, a grande maioria inicia a vida do zero, e dessa forma não tem como escapar dos juros, dos empréstimos e das compras parceladas no cartão, afinal até mesmo os banco pegam dinheiro emprestado (por isso existe o CDI).
E é muito importante aproveitar o dinheiro, saber a hora de gastar o dinheiro guardado e curtir o que o consumo pode oferecer de bom sem perder o controle do orçamento. conteúdo mais completo pode ser encontrado no blog ofertaedemanda.blogspot.com ou diretamente nos links Resumo de Economia e Educação financeira, no curso Planejamento Financeiro Pessoal uma forma divertida de abordar o conteúdo.
Para dar o mínimo de conhecimento sobre o assunto, vou dividir o conteúdo em três partes


01: Um pouco de teoria
Poupança: atualmente paga 6% ao ano mais TR (taxa de referência) quando a SELIC está acima de 8,5% ou paga 70% da SELIC mais TR quando a SELIC está em 8,5% ou menor. Não paga imposto de renda, logo é a melhor aplicação no curto prazo. Mas vale lembrar que o rendimento é pago apenas 30 dias após a aplicação.

Renda fixa: Aplicações em renda fixa são títulos pagos pelo governo (títulos do tesouro) ou por empresas (Debêntures) quando precisam de dinheiro. podem ser pré ou pós fixados. Existem muitos fundos de investimento com aplicações em renda fixa. O CDB (Certificados de depósito bancário) são papeis vendidos nos bancos e pagam uma porcentagem do CDI (certificado de depósito interbancário - empréstimo banco-banco), quanto mais os bancos precisarem de dinheiro mais vão pagar pelos CDBs, vale a pena negociar.

Ações: As ações podem ser compradas diretamente em corretoras ou cotas em fundos de ações, são aplicações de risco mas que trazem os melhores retornos. Pode ser aplicado como objetivos de longo prazo neste caso ações de primeira linha e boas pagadoras de dividendos (lucro pago ao acionista) ou de forma especulativa comprar na baixa para vender na alta ou mesmo usar derivativos. Mas dessa segunda forma é necessário dedicação e muito estudo. Outra informação importante, ações ordinárias (ON) tem direito a voto nas decisões da empresa e as preferenciais (PN) tem preferência no recebimento de dividendos.

Previdência Privada: Muito importante para programar a aposentadoria ou driblar o Imposto de Renda, pode ser:
  • VGBL: Não pode ser usado na declaração do imposto de renda para abatimento, mas na hora do resgate paga o IR apenas sobre o rendimento, ideal para quem vai deixar pouco tempo aplicado ou declara IR na forma simplificada ou não declara.
  • PGBL: Pode usar até 12% para abater no Imposto de Renda, mas o valor pago de IR no resgate é sobre o rendimento e sobre o capital. Ideal para quem declara IR na forma completa ou vai manter muito tempo aplicado.
Sistema de tributação: forma como o imposto de renda será cobrado.
  • Tributação Progressiva
           Paga 15% de imposto de renda na fonte, e o restante é ajustado conforme a renda e tabela do IR vigente

  • Tributação Regressiva
          Período de aportes    Alíquota de IR
          Até 2 anos    35%
          de 2 a 4 anos    30%
          de 4 a 6 anos    25%
          de 6 a 8 anos    20%
          de 8 a 10 anos    15%
          Mais de 10 anos    10%

Indicadores financeiros
  • SELIC: taxa básica de juros calculada no overnight sobe operações financeiras dos bancos lastreadas em títulos públicos, é a taxa básica da economia e serve como referência. O governo divulga a meta da SELIC quando quer forçar alterações na taxa de juros.
  • INCC (Índice Nacional da Construção civil): apura a evolução dos custo de materiais de construção, importante para quem vai construir ou reformar.
  • INCC-M (índice Nacional de custos de Construção): calcula o custo da construção, importante para financiamentos de imóveis na planta. 
  • IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo): calcula o preços de uma cesta de bens e serviços para famílias que ganham de 1 a 40 salários, referência para inflação.
  • INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor): calcula o preços de uma cesta de bens e serviços para famílias que ganham de 1 a 6 salários, referência para inflação.
  • IGP-M (índice Geral de Preços do Mercado): calculado para o ano inteiro e com forte relação com o dólar, é usado para reajuste no preço da locação.

www.maisdinheiro.com.br
www.meusgastos.com.br
www.minhaseconomias.com.br

02: Como comprar bem e evitar a dívidas
Comprar bem não significa comprar pouco mas sim comprar de forma consciente sabendo que era exatamente este produto desejado e que o mesmo foi pago de forma correta. Primeiro ponto é evitar o consumo por impulso, aquele feito no calor do momento, sempre vale a pena refletir a real necessidade, fale em vóz baixa "preciso mesmo disso? onde e  quando vou usar?" se as respostas forem negativas, sai da loja e desista da compra, mas se forem positivas vem um segundo questionamento "tenho dinheiro para pagar? posso assumir mais esta dívida?" novamente se as resposta forem negativas desista da compra, mas se forem positivas, compre e aproveite. Existe uma infinidade de dicas sobre consumo correto, eficiente, consciente, sustentável, em livros, revistas, jornais, mas não cabe repetir todos, o importante é o planejamento. No supermercado leve uma lista e não fuja dela, evite levar as crianças pois temos dificuldade de dizer não para elas, aproveite as promoções e tenha um orçamento prévio para as comprar mensais. 
Compras de pequeno vulto deve ser evitadas pois são as maiores consumidoras do orçamento, e são elas que normalmente fazemos por impulso.Compras de médio valor,  aqui entram eletroeletrônicos, computadores, eletrodomésticos deve ser planejadas, se o bem não é urgente, como uma televisão maior ou um console de videogame novo, o dinheiro para comprar deve ser guardado previamente para a comprar ser feita a vista, dessa forma forçamos o planejamento e podemos conquistar descontos no pagamento avista, mas se for uma compra urgente, substituir ou arrumar o refrigerador queimado é urgente, se não existir uma reserva para emergências então comprar parcelado no cartão sem juros é a melhor alternativa depois de feita as devidas pesquisas de preço, a Internet ajuda muito nessas horas. em último caso compre com juros ou faça um empréstimo.Comprar de grande valor como carros e imóveis devem ser planejados, estes bens normalmente são financiados e para isso pesquisar e negociar uma melhor taxa de juros é importante, todos os bancos tem metas de empréstimos e eles querem que você pegue o dinheiro emprestado, use essa arma a seu favor. Ter uma boa parte para dar de entrada é importante, normalmente os bancos financiam apenas 80% do valor do bem, e exigem um seguro caso o bem fique como garantia da operação. use a negociação do seguro a seu favor. 

lista de compras 01
lista de compras 02

03: Como guardar dinheiro e fazer o bolo crescer
Guardar dinheiro significa deixar de gastar o dinheiro agora para aproveitar no futuro, e isso é difícil pois gostamos de aproveitar o agora, mas o importante é acertar a medida, para não tornar a vida chata agora e não descuidar do futuro. Essa medida vai depender de cada um, das suas condições financeiras, no período da vida que se encontra (solteiro, casado, com filhos) e da ambição de cada um. Mas o importante é guardar sempre um determinado valor para manter o orçamento em dia sem considerar este valor e manter o hábito de economizar. Acho importante separar o dinheiro guardado em ao menos três bolos, que são, aposentadoria, emergência e sonho. No bolo da aposentadoria entra o dinheiro que vai ficar guardado para a velhice, neste caso recomento um plano de previdência privada, para bolo das emergências deve ser guardado em aplicações com muita liquides, pois ninguém pode saber quando vai precisar dele, poupança e fundos de renda fixa são só mais recomendados. O terceiro bolo dos sonhos é o dinheiro guardado para trocar o carro, fazer uma viagem ... este deve ser colocado em aplicações conforme o tempo do sonho, curto, médio e longo prazo, e muito importante, este sonho deve ser realizado do contrario a vontade de guardar pode ir murchando. A divisão vai variar de pessoa para pessoa, não existe um número exato, há que prefira misturar tudo, há quem prefira separar e muitas aplicações. Para as pessoa que estão iniciando e não tem disciplina para guardar todo mês recomendo aplicações com débito automático como previdência e até mesmo capitalização, sim mesmo o rendimento sendo baixo a criação da disciplina é importante, para os mais experientes e disciplinados, ações e tesouro direto são os mais recomendados dependendo do prazo. Na minha opinião o bolo da aposentadoria é o mais importante, pois ele permite relaxar a aproveitar o presente sem preocupação com o futuro, recomendo previdência privada pois é seguro e automático não exige conhecimento e nem dedicação para controlar os aportes e aplicações. Não cabe aqui descrever toda a infinidade de aplicações financeiras que existem, pois isso depende de cada um saber o que procura e onde quer chegar e assim traçar um plano de investimentos considerando o mercado, prazos e risco.

Orçamento Excel 01
Orçamento Excel 02

Programa 01
Programa 02 (para Linux e Mac)

Orçamento online 01
Orçamento online 02

quinta-feira, 21 de junho de 2012

remover dispositivo USB com segurança

Removendo com segurança um dispositivo USB

Todos que já usaram um pendrive/flashdrive ou ainda uma hd externa, já clicaram no icone, pertinho do relógio, remover hardware com segurança pois ouviram falar que pode danificar o dispositivo caso não se faça isso, e algumas pessoas, eu por exemplo, simplesmente retiram o dispositivo usb do computador sem menores preocupações, por que isso, que está certo ou errado. Na realidade os dois estão corretos, depende da configuração. 

Remover Hardware com segurança

Para isso abra o Windows Explorer ou Meu Computador ou Computador, dependendo da versão do seu Windows, clique com o botão direito no icone do dispositivo (pendrive ou hdd externo) depois em Propriedades, selecione a aba Hardware, marque o dispositivo escolhido, o pendrive ou HDD externo, e clique em Propriedades depois na janela que se abre clique em Alterar configurações por fim na Aba Diretivas será possível escolher entre Desempenho ou remoção rápida.

Propriedades
Selecionar a aba Hardware
Alterar configurações
Diretivas

Marcando remoção rápida, basta arrancar o pendrive, marcando Desempenho, deverá sempre ir no icone perto do relógio e remover o hardware com segurança.
Mas vão algumas dicas, pendrivers vem por definição na opção remoção rápida, logo basta tirar do computador, HDs externos podem estar das duas formas, por isso vale verificar antes, nos dois casos evite remover durante leitura ou gravação no dispositivo.

domingo, 17 de junho de 2012

Review do Windows 8 Release Preview


Windows 8 Release Preview

A instalação foi feita sobre a versão anterior (Windows 7 Starter no caso) tudo gráfico e simples, são poucos cliques, pode fazer a instalação diretamente do HD ou gravar um disco para instalação futura. É possível manter os arquivos e programas, apenas arquivos ou apagar tudo, se escolher manter os arquivos e programas o Windows 8 informa quais são compatíveis e quais não são.

Depois da instalação concluída será pedido um nome de usuário local ou uma conta do Windows live, escolha da cor do tema entre ourtas configurações corriqueiras de sistemas. Em um notebook Positivo com 1GB de memória DDR2, processador Intel Atom D425@1,8GHz levou 3h40min para o notebook ficar pronto para uso do início do processo até o login, mas vale lembrar que todos os arquivos e programas foram mantidos, logo existiu um trabalho para salvar e recuperar arquivos e programas. O único item de hardware não detectado foi a webcan, todos os demais foram instalados com exito. O desempenho foi muito satisfatório todos os aplicativos rodaram bem. Usando a conta do Windows Live o Windows iniciou em 30s até a tela de login e levou mais 15s para logar, com a conta local levou 35s para ficar pronto para uso.

A primeira vista as mudanças são chocantes, tudo é diferente, do login em conta Windows live, a ausência do menu iniciar e os app na tela inicial, mas conforme vamos usando vemos os velho Windows ainda presente. Os apps nessa versão não funcionam, são apenas preview, mas já mostram como vai ser o visual do Windows 8, muito próximo do Windows phone 7.5 e voltado para tablets e dispositivos de toque. mas o uso do mouse se comporta bem ágil, para visualizar os apps não exibidos na área de trabalho basta aproximar o mouse da lateral que a tela deslisa ou clicar no "-" bem no canto inferior direito todos os apps na tela inicial são exibidos (zoom out),  aproximando do canto exquerdo inferior vemos a tela inicial ou os apps abertos, aproximando do canto exquerdo superior aparece todos apps abertos e é possível com o botão direito fechar eles e fazer ajustes, nos cantos direito surge um menu flutuante para configurações. Quando o mouse é colocado na topo da tela em um app (lembrando que a "Área de Trabalho" é um app) ele pode ser arrastado para lateral e outro app aberto, permitindo assim alternar mais de um aplicativo na mesma tela rapidamente.


Tele inicial do Windows 8
configuração dos apps na tela inicial
Zoom Out na tela inicial
visão dos apps ao aproximar o mouse do canto direito superior
Interação com os apps abertos
Dois apps abertos lado a lado
acesso as configurações no área de trabalho
acesso as configurações na tela inicial
tela principal de configurações

O acesso a área de trabalho tradicional se dá por meio de app área de trabalho, ao entrar nela tudo está normal, exceto o menu iniciar que não existe. mas as janelas, diretórios e arquivos estão todos da mesma forma. Os menus das janelas ganharam o formato do Office 2010, abrindo conforme o contexto e mostrando os itens com ícones horizontais, novas funções existem como o item "Fixar na tela inicial" no menu flutuante do botão direito para colocar um "quadradinho" na tela inicial do programa escolhido (lembrando muito o gerenciador de janelas Window Maker para linux). a maioria dos programas instalados e outros softwares estão disponíveis na tela inicial em ícones menores separados dos apps, digamos, dinâmicos


área de trabalho, não existe menu iniciar
Menus no estilo office 2010
Opção de fixar na tela inicial

Em resumo o Windows 8 é o bom Windows de sempre, mas ganhou uma tela inicial com acesso rápido aos itens mais usados, evitando por exemplo acúmulo de ícones na área de trabalho e barra de ferramentas, e futuramente estes ícones serão dinâmicos atualizado com informação da Internet mantendo o usuário sempre online (login nas redes Microsoft live). Dessa forma temos o computador não como uma máquina que será ligada para um uso específico e desligada após, ele ficará sempre ligado, conectado e sincronizando com a Internet e outros gadgets. O usuário avançado vai acabar indo para o app área de trabalho e seguir sua vida normalmente, mas para o usuário corriqueiro  a tela principal vai facilitar em muito a vida pois vai mostrar as informações relevantes diretamente nela e vai facilitar o acesso aos aplicativos mais usados.


Já existem algumas dicas para o Windows 8 na Internet


Painel de controle

Adicionando Programas na tela inicial

sábado, 16 de junho de 2012

Cursos Gratuitos

Sempre é bom aprender mais, estudar mais, tanto formação formal e acadêmica quanto cursos diversos sobre assuntos do cotidiano. Outro motivo para procurar cursos são os formandos que na última hora precisam de horas complementares para concluir o curso. Dois links muitos bons para isso são os mostrados abaixo, alguns cursos oferecem certificado.



Outros links podem ser encontrados, assim como livros e apostilas no blog ofertaedemanda.blogspot.com

Novo "spot" 2

Conforme o post novo "spot" fiz muitas modificações em uma escrivaninha de 90cm comum, no entanto para aumentar o espaço útil da mesa, melhorar a ergonomia, o ângulo de visualização do monitor e arrumação dos fios que são muitos fiz uma nova modificação.
Basicamente eu acrescentei uma prateleira para o monitor ficar elevado, dessa forma pude elevar o notebook afim de manter o alinhamento da tela e ainda ganhar espaço na mesa. Com a prateleira tenho melhor espaço a frete dela e ganho um novo espaço abaixo. O trabalho foi simples, consistindo em fazer quatro furos na base e quatro furos na prateleira e cortando quatro apoios. Os apoios foram usados de um outro móvel que modifiquei e a prateleira foi comprada.
Tudo foi medido anteriormente, o tamanho da prateleira (40cm x 20cm), altura dos apoios (10cm) para ter o máximo de aproveitamento e ainda manter o nível da base das telas do monitor e do notebook, visto que uso a área de trabalho estendida. custo do projeto R$ 14,00.

Segue fotos

Spot atual
apoios da prateleira
furos na mesa
monitor instalado
monitor e notebook no lugar

detalhe das telas no mesmo nível
tudo instalado
novo espaço abaixo da prateleira
notebook de testes pode ser aberto sem cobrir a tela